Vozes do Mundo


Você quer ser bem sucedido? Aqui está o seu modelo. Quer conquistar? Aqui está o seu protótipo. Quer luzes brilhantes, ostentação e a atenção da mídia? Considere a primeira página, o artigo central do maior jornal diário dos Estados Unidos.
É uma caricatura da "Miss América". A informação vital das cinqüenta e uma participantes foi compilada para apresentar a mulher perfeita. Ela tem cabelos e olhos castanhos. Sabe cantar e tem as medidas perfeitas. É a Miss América.
A mensagem anuncia na página: "Este é o padrão para a mulher americana". A implicação é clara: Faça o que for preciso para ser como ela. Enrijeça suas coxas. Aprofunde o seu decote. Cuide bem de seus cabelos. Melhore o seu andar.
Nenhuma referência é feita às suas convicções... à sua honestidade... à sua fé... ao seu Deus. Mas você é informada da medida de seu quadril.

Em uma pequena foto, quatro polegadas para a esquerda, há uma outra mulher. Seu rosto é magro. Sua pele é enrugada, quase rija. Sem maquiagem... sem blush... sem batom. Há um fraco sorriso em seus lábios e um brilho em seus olhos. Parece pálida. Talvez seja minha imaginação ou talvez seja o momento. O título apresenta: "Madre Teresa em grave estado de saúde".
Madre Tereza. Você conhece sua história. Quando ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1985 concedeu os duzentos mil dólares aos pobres de Calcutá. Quando um homem de negócios comprou para ela um carro novo, vendeu-o e empregou o dinheiro para os menos privilegiados. Nada possui. Só deve o amor.

Duas mulheres: Miss América e Madre Teresa. Uma anda pela passarela; a outra pela viela. Duas vozes. Uma promete coroas, flores e multidões. A outra serviço, entrega e alegria.
Bem, nada tenho a ver com a ostentação da beleza (embora tenha minhas reservas sobre ela). Mas realmente tenho algo contra as vozes mentirosas que fazem ruído em nosso mundo.
Você já as ouviu. Dizem que deve trocar sua integridade por uma nova venda. Permutar suas convicções por uma negociação fácil. Trocar sua devoção por uma rápida emoção
Elas sussurram. Cortejam. Censuram. Atormentam. Flertam. Bajulam. "Vá em frente, tudo bem". "Espere até amanhã". "Não se preocupe, ninguém ficará sabendo". "Como algo que tem tudo para dar certo, poderia dar errado?"...

Em meio às propostas passageiras de prazer está a promessa eterna da presença [de Deus].
"Eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos" Mt 18.20.
"Não te deixarei, nem te desampararei" Hb 13.5

Não há coral tão alto que a voz de Deus não possa ser ouvida... se tão somente quisermos ouvir
(Extraído da obra In the Eye of the Storm, de Max Lucado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário