NOTÁVEL


Toda manhã subo em uma pickup que pesa meia tonelada e saio pela interestadual onde eu - e milhares de motoristas - transforam nossos veículos em mísseis a cem quilômetros por hora. Embora já tenha tido alguns sustos e percalços, a inda assobio enquanto dirijo a uma velocidade que faria meu bisavô desmaiar.
Notável.
Todos os dias tenho a honra de me sentar com um livro que é a palavra daquele que me criou. Todos os dias tenho a oportunidade de deixar que Deus me dê alguns pensamentos sobre como viver. Se não faço o que Deus diz, o Senhor não queima o livro nem cancela minha assinatura. Se discordo do que Deus diz, não cai um raio que divide minha cadeira giratória em duas, nem um anjo risca meu nome do livro da vida. Se não entendo o que o Senhor diz, Ele não me chama de tolo.

Na verdade, Deus me chama de "Filho", e numa página diferente explica o que não entendo.
Notável.
No final do dia, quando ando pela casa, entro nos quartos de três pequenas meninas. Suas cobertas geralmente estão jogadas para fora, enquanto as cubro. Seus cabelos  geralmente escondem seus rostos, então os arrumo. E, uma a uma, inclino-me e beijo as testas deste anjos que Deus me emprestou. Então paro na porta e me pergunto por que motivo o Senhor confiaria a um sujeito vacilante e desafeitado como eu, a tarefa de amar e guiar tais tesouros?
Notável.
Então vou para a cama com uma mulher muito mais sábia do que eu... uma mulher que merece um homem de aparência melhor do que a minha... mas uma mulher que discordaria deste fato e me diria do fundo de seu coração que sou a melhor coisa que cruzou o seu caminho.

Depois de pensar sobre a esposa que tenho, e quando penso que estou com ela por uma vida inteira, balança a cabeça e agradeço a Deus da graça por tamanha graça, e penso: Notável!

De manhã, farei tudo isso outra vez. Dirigirei pela mesma estrada. Irei para o mesmo escritório. Visitarei o mesmo banco. Beijarei as mesmas meninas. E irei para a cama com a mesma mulher. Mas sempre aprendo a não considerar estes milhares de todos os dias como se fossem coisas comuns...

Também descubro muitas coisas: os congestionamentos sempre melhoram, o por do sol é de graça, a Liga Infantil é uma obra de arte, e a maioria dos aviões parte e chega no horário. Aprendo também que muitas pessoas são boas e tão tímidas quanto eu para começar uma conversa...

Aprendo que se eu olhar... se abir os meus olhos e observar... há muitos motivos para que tire chapéu, olhe para a fonte de tudo, e simplesmente diga... obrigado.
(In the eye of the Storm - Max Lucado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário