Obediência na Fornalha



Um texto interessante que li essa semana do Irmão André - Fundador da Portas Abertas Internacional.
Espero que te abençoe!


_______________

Há muito que uma pergunta me intriga. Relaciona-se com uma história muito antiga do livro de Daniel, mas que tem um significado enorme nos dias de hoje.
É a história de Hananias, Mizael e Azarias, que não se prostraram diante da imagem de ouro levantada pelo rei Nabucodonosor. A pergunta é a seguinte: porque apenas três homens foram lançados na fornalha ardente?

A ordem de se prostrar diante da imagem foi dada a todos: "Esta é a ordem que lhes é dada, ó homens de todas nações, povos e línguas: (...) prostrem-se em terra e adorem a imagem de ouro que o rei Nabucodonosor ergueu. Quem não se prostrar em terra e não adorá-la será imediatamente atirado numa fornalha em chamas" Dn3.4-6

O capítulo continua nos contando que os homens de todas as nações, povos e línguas prostraram-se em terra e adoraram a imagem de ouro. Exceto, naturalmente, os três: Hananias, Mizael e Azarias.
Entretanto, deveria haver uns cem mil outros judeus no campo de Dura. Será que eles se prostraram?

Creio que sim. Talvez pensassem: "Bem, vou fazer isso apenas por conveniência. Não creio nessa imagem. No meu coração, creio de maneira diferente. Mas seria tolice arriscar a minha vida por uma coisa dessas. Afinal, Deus vê o meu coração...".

Apenas três homens decidiram não obedecer e, por causa de sua determinação, seu nome e ato de coragem são mencionados até hoje. Tiveram a experiência mais importante de sua vida: andaram com um anjo de Deus aqui na terra, enquanto os soldados que os atiraram foram mortos pelo fogo. Para Hananias, Mizael e Azarias, a fornalha devia estar tão agradável como uma noite de primavera. Aleluia!

O que muda o mundo
Pela história acima, vê-se que a provação ardente tem um efeito diferencial para cada tipo de pessoa: alguns se queimam, como os soldados; acomodados permanecem "nem frios, nem quentes" (Ap 3.15), como os outros cem mil judeus no campo de Dura. Mas àqueles que olhe obedecem totalmente, Deus concede a experiência da sua glória, como Hananias, Mizael e Azarias.
A fornalha nos países restritos é agradável para aqueles que obedecem a Deus e sofrem por amor do seu nome. Ao mesmo tempo, existe "liberdade" para os indivíduos que, mesmo sendo cristãos, preferem obedecer às ordens ditadas pelo governo, que impedem a prática do verdadeiro cristianismo.

O mundo não será mudado por aqueles que se prostram perante os homens. A minha oração é: "Deus, torna-me corajoso e fiel!" Ore comigo para que Cristo realize a sua obra através da sua Igreja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário